Correção de Fissura Labiopalatal

Correção de Fissura Labiopalatal

As fissuras labiais, labiopalatais e palatais são malformações presentes ao nascimento devidas a uma falha na fusão dos lábios ou palatos no período gestacional. As fissuras podem ser uni ou bilaterais. Essas alterações podem prejudicar o desenvolvimento da fala, alimentação, dentição, audição e crescimento da face.

O tratamento deve ser realizado por uma equipe de especialistas que incluem o cirurgião plástico, pediatra, fonoaudiólogo, dentista, otorrinolaringologista, protesista, psicólogo e geneticista.

A cirurgia para correção do defeito no lábio é realizada em torno dos 2 a 3 meses de idade, porém desde o nascimento devem-se tomar alguns cuidados especiais.

A cirurgia para correção do palato é realizada por volta dos 18 meses de idade. Esses pacientes devem ser acompanhados durante toda fase do crescimento para lhe proporcionarmos o melhor resultado possível.

O seu médico poderá esclarecer todas as suas dúvidas durante a consulta.

 

A) Cuidados Pré -Operatórios:

1. Obedecer às instruções dadas para a internação.
2. Comunicar qualquer anormalidade que eventualmente ocorra quanto ao seu estado geral, principalmente estados gripais, muito comum na idade.
3. Jejum absoluto de 8 horas para crianças, incluindo mamadeira com leite em pó ou de vaca. Porém, indica-se líquido (como água, chá e leite materno) até 4 horas antes da cirurgia. Isto deve ser confirmado com seu cirurgião e seu anestesiologista.
4. Vir acompanhado para a internação.
5. Evitar uso de brincos, anéis, etc.

B) Cuidados Pós-Operatórios:

1. Evitar sol, friagem, vento e traumatismos locais por um período de 14 dias.
2. Comparecer ao consultório para controle pós-operatório nos dias indicados.
3. Obedecer à prescrição médica.
4. Alimentação livre, a partir do 2º dia. O modo de se alimentar deve ser decidido com a equipe
médica. Alguns liberam a mamadeira, outros solicitam que se utilize colher para alimentar a criança.
5. A chupeta deve ser evitada.